Páginas

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Senna pode fazer teste na Toro Rosso


Li agora há pouco que Bruno Senna pode ser chamado por Gerhard Berger - sócio da equipe Toro Rosso e "padrinho" de Senna - pode ceder um teste ao "primeiro-sobrinho". Mas o ex-piloto de F1 é categórico em dizer que não absolutamente nada garantido sobre a vaga deixada por Vettel.

- Ainda não estou convencido. Bruno Senna é bom para a Fórmula 1, mas o mesmo se aplica a Romain Grosjean and Sebastien Buemi, também na GP2. Mas nenhum dos três me encantou totalmente. Ainda não vejo um novo Sebastian Vettel - diz Berger.

- Quero dar um teste a ele, mas não temos negociações concretas até agora.

Bruno Senna está em sua segunda temporada na GP2 e é o vice-líder do campeonato. Ele está entre os três favoritos para assumir a vaga deixada por Sebastian Vettel, que vai para a RBR. Sou franco ao dizer que não dava tanta bola assim quando vi que ele tinha começado a correr, mesmo vendo que antes da GP2 ele já demonstrava um grande desempenho por onde passou. Mas vendo as corridas da GP2 percebe-se que se pulando certas etapas na carreira o moleque tá assim, é porque feio não vai fazer. Tá muito muito longe do talento do tio, nem o Schumacher - indiscutivelmente o maior piloto de todos os tempos, junto com Ayrton - se considerava sob alguns aspectos superior à Senna. Pra mim ainda é cedo, precisava de mais um ano de GP2, e uma vaga de piloto de testes desde já em alguma equipe da F1, talvez na própria STR. Bruno tem talento, pouco lapidado mas tem, e parece que herdou de algum jeito o feeling do tio pra andar na chuva, a corrida em Silverstone que o diga. Tem que ir, mas que vá com o pé no lugar.

2 comentários:

Leonardo disse...

Uma duvida,meio que idiota ,mas vai ai, o Senna Junior pode correr na GP2 e ser piloto de teste?

Igor disse...

Pode sim, do mesmo jeito que poderia pilotar na GP2 e em qualquer outra categoria ao mesmo tempo.